Vamos falar sobre | Preconceito lingu√≠stico ūüĎÖ

quarta-feira, agosto 17, 2016

Como muita gente já deve ter visto por ai nas redes sociais, principalmente no facebook, aconteceu um caso absurdo onde um médico postou uma foto no seu perfil zoando o jeito de falar de um paciente. O vídeo de hoje é sobre esse preconceito super comum que ninguém quase fala, vem ver!
O que vocês acham do assunto? Já pensaram sobre isso?
Um beijo!

You Might Also Like

28 comments

  1. Achei o fim da picada esse negócio do médico. Eu odeio ser corrigida. Aqui na minha cidade a gente soletra o som dos dois rr de maneira diferente, quando vou lá na casa do meu namorado, que é capital, eles pronunciam os erres ''corretamente''. Mesmo eles dando risada e não levando tão a sério, eu detesto isso!!
    Amei o vídeo.
    Beijinhos ❤
    http://www.alecanofre.com/
    https://www.youtube.com/alecanofremakeup/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este coment√°rio foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Este coment√°rio foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Entendo plenamente! Faz parte de quem você é o seu jeito de falar!
      Um beijo!

      Excluir
  2. N√£o tinha ouvido falar desse m√©dico ainda, que absurdo! Tamb√©m acho errado fazer piada com o jeito que as pessoas falam, eu gosto muito de ver como uma palavra ou alguma coisa √© falada de diferentes formas em nosso pa√≠s, temos muitas culturas e cada uma delas fala de um jeito. Meus av√≥s s√£o mineiros e por isso estou sempre ouvindo express√Ķes diferentes da minha m√£e e do meus tios, e minha sogra √© Paraibana, ent√£o ela fala muitas coisas diferentes tamb√©m, eu acho tudo muito legal e muito interessante, n√£o sei porque as pessoas veem isso como forma de fazer piada..
    Amei o vídeo!!

    Beijoos
    Yanna Karim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso ai, eu tambem amo ver os jeitos diferentes que as pessoas falam!Beijos

      Excluir
  3. Também não curto muito não.. por ser disléxia sempre estou trocando diversas letras / palavras.

    Um beijo,

    www.purestyle.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos que respeitar o jeito de caa um mesmo ^^
      Um beijo.

      Excluir
  4. Que absurdo!
    √Č muito errado fazer piada sobre o jeito de falar das pessoas.
    --
    Indiquei você numa TAG lá no meu blog. Espero que responda. Beijão! <3
    Borboletas do Campo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aah sua fofa! Obrigada pela indicação! Vou responder em breve! Um beijo.

      Excluir
  5. Eu amei o seu vídeo, o caso desse medico é extremamente complicado principalmente por ser uma profissão que tem alto contato com pessoas de todas as classes sociais, enfim eu morro de vontade de ser médica e sei que algumas coisas são termos técnicos, nesse caso realmente tecnicamente dizendo não existe suspeita de pneumonia, mas isso é uma linguagem extremamente médica que ele não pode exigir que uma pessoa que não tem a formação dele venha a conhecer, enfim eu acho esse tipo de conduta terrível pois as pessoas perderam o habito de respeitar as outras
    lravilla.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso, faltou respeito! :S ninguem é obrigado a saber tudo...
      Um beijo!

      Excluir
  6. Que absurdo. Amei seu vídeo e o que você disse.
    Não é certo fazer piadas com pessoas só por causa que elas falam errado ou tem sotaques. Nossa o mundo precisa de mais amor!

    Blog>> www.seteprimaveras.com

    ResponderExcluir
  7. √Č de doer o cora√ß√£o ver o quanto as pessoas ainda constroem barreiras mentais ao inv√©s de construir formas de aumentar os la√ßos. Muito bom e significativo o seu conte√ļdo, parab√©ns ;)

    Love&Kisses
    Loucura Alternativa

    ResponderExcluir
  8. Eu morro de raiva. A noiva do meu primo é Cearense e a galera da minha familia adora fazer piada e imitar ela falando ZZZzz
    Beij√£o.
    Les Jours de Marcela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura? Que desnecessario... espero que ela n√£o fique t√Ęo incomodada porque √© tenso ter que brigar com familia do noivo x.x
      Um beijo!

      Excluir
  9. Ja tinha visto essa do médico. Um absurdo.

    canaleusendoassim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. N√£o tinha visto isso, mas acho muito errado, cada um tem um jeito de falar independentemente da regi√£o onde mora Brasil tem v√°rias lingua e sotaques adorei o video ><
    http://geoaraujoand.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Paula, tudo bem contigo ???
    Confesso que não estava sabendo desse caso, mas conforme assistia seu vídeo, me lembrei um pouco de alguns vídeos, comentários e até mesmo postagens de um tal de Felipe Neto, onde ele comenta um pouco sobre os erros de português.
    Acredito que esse tipo de situação deve ser sempre analisada de suas maneiras. A primeira é com relação a forma como a pessoa fala, se entra o caso do sotaque, se ela vem de uma classe social menos favorecida e, talvez por isso não fale com a mesma forma que nós, se as vezes a forma como a pessoa fala não ocorre por um motivo pessoal também. Nesses casos sou extremamente contra o preconceito e condeno o ato.
    Mas quando estamos falando de um erro gramatical, vindo principalmente de uma pessoa que possui um n√≠vel de escolaridade maior, que aprendeu as diferen√ßas, aprendeu o "jeito" "correto" de falar, acredito que vale dar um toque para o colega de dizer onde ele errou. √Č claro que n√£o d√° pra sair tirando sarro, todo mundo erra, √© normal errar. Mas acredito que √© necess√°rio fazer essa distin√ß√£o, caso contr√°rio todo mundo ia sair falando do jeito que dava na telha, hahaha.
    Mas adorei a proposta do vídeo flor, gostei da discussão que você trouxe !!!

    Beijinhos
    Hear the Bells

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que depende do colega e depende do contexto. Para mim s√≥ vale corrigir quem deixa claro que quer ser corrigido... n√£o acredito que a norma culta deva ser cobrada de ninguem, a menos que ela seja necessaria ao entendimento da informa√ß√£o emitida, exemplos: documentos, processos judiciais, etc. Porque certas situa√ß√Ķes tem um jarg√£o especifico e exigem a norma culta para limitar as interpreta√ß√Ķes. Em qualquer outro contexto, n√£o acho necessario. A l√≠ngua para mim √© uma ferramenta, voc√ę usa ela como precisa. No seu trabalho tu fala de um jeito com seus clientes, mas com seus amigos tu fala dr outro... Voc√™ pode e deve usar ela da melhor forma que tu achar. ^^
      Mas essa é só minha humilde opinião haha

      Um beijo e obrigada pelo coment√°rio!

      Excluir
  12. Você é muito linda Paula. Eu li as notícias sobre o tal médico e também achei um absurdo.
    Infelizmente muita gente ainda tem preconceito linguístico, mas acho que com o tempo mais pessoas irão entender que a língua é um organismo vivo e tem constantes mudanças, falar "errado" só mostra como é rico a língua portuguesa, eu sou a louca da gramática, mas levo muita em consideração o apelo cultural que a língua proporciona a uma país, portanto, todos temos que discernir a diferença entre a escrita e a fala. Sou formada em Letras em línguas portuguesa e espanhola e concordo com o que a Ryoko disse, é preciso diferenciar.

    Mas sem d√ļvida, o m√©dico √© um babaca.
    Beijos

    Fl√°via Donohoe.
    http://quartodeviagem.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para mim tem diferen√ßa entre corrigir uma pessoa amigavelmente, onde a pessoa corrigida est√° de acordo com isso porque ela quer melhorar. O que eu n√£o concordo √© que exista a cobran√ßa das pessoas, mesmo as mais estuadas, de falarem e escreverem de acordo com a norma culta bem porque existem: situa√ß√Ķes e situa√ß√Ķes.
      Um advogado em um tribunal precisa da norma culta porque o n√≠vel de interpreta√ß√Ęo e argumenta√ß√£o e clareza √© enorme, ent√£o a norma culta √© necessaria. Mas o mesmo advogado em um churrasco de fam√≠lia, ele pode falar o qu√£o errado ele quiser, √© um outro meio...
      Pelo menos eu vejo assim as coisas ^^

      Um beijo.

      Excluir
  13. N√£o tava sabendo desse caso do mec√Ęnico, que absurdo :O Eu acho muito louco isso porque o Brasil √© um pa√≠s GIGANTE e tem milhares de sotaques e formas de falar diferentes. E infelizmente, por causa da m√≠dia, temos uma vis√£o do que √© o sotaque certo e bem como tu mencionou sobre sotaque nordestino, eles s√£o retratados como inferiores ou "engra√ßados" e n√≥s perpetuamos isso sem perceber, o que √© horrivel :( achei muito muito muito interessante esse v√≠deo!


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir

Facebook

Flickr

Subscribe